8.5.15

Prêmio Biotech-Space Pesquisador de 2014

O Prêmio Pesquisador do Ano foi instituído pela rede de pesquisadores Biotech-Space para promover o reconhecimento de pesquisadores e alunos que tenham contribuído de forma relevante à pesquisa na área. As indicações para o prêmio são feitas pela própria comunidade de pesquisadores de diversas instituições brasileiras pertencentes a Rede Biotech-Space. A seleção é feita por um comitê composto por pesquisadores das melhores instituições do país.

Os ganhadores do Prêmio Biotech-Space 2014, que tiveram seus méritos reconhecidos pela comunidade brasileira de biotecnologia e biociências, foram Allan Kardec Nogueira de Alencar, da UFRJ, na categoria Aluno Pesquisador, e Thiago Mattar Cunha, da USP, na categoria Pesquisador Pleno. Parabéns aos Pesquisadores!

Quer saber mais sobre os Pesquisadores?


As placas de premiação serão entregues aos ganhadores em data a ser agendada, nas dependências da UFRJ e da USP, pelas mãos dos Dr. Fernando de Queiroz Cunha (Pesquisador Pleno) e do Prof. Dr. Stevens Kastrup Rehen (Pesquisador Aluno).

Thiago Mattar Cunha possui graduação, mestrado e doutorado em Farmácia-Bioquímica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo e pós-doutorado em Farmacologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, onde atua como Professor Doutor II. É Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências. Membro da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental e da Associação Internacional para Estudo da Dor. Atua como editor acadêmico de periódicos internacionais como PlosOne e Frontiers in Pharmacology. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Farmacologia da Inflamação e da Dor, principalmente nos seguintes temas: Mecanismos envolvidos na gênese da dor inflamatória e neuropática. Mecanismos moleculares envolvidos nos efeitos dos analgésicos. Apesar de ser um pesquisador jovem, alcançou reconhecimento internacional na área de tratamento da dor. Em 2014, foi autor de um trabalho pioneiro que trata sobre o desenvolvimento de uma nova molécula com atividade analgésica, capaz de bloquear os receptores do fator do complemento C5a (ProcNatlAcadSci U S A. 2014 Nov 25;111(47):16937-42). Esta descoberta, teve destaque na mídia e poderá vir a ser o protótipo de uma nova classe de analgésicos.

Allan Kardek Nogueira de Alencar é Farmacêutico e Mestre em Farmacologia e Química Medicinal.Sob orientação das professoras Gisele Zapata-Sudo e Eliezer Barreiro realizou importantes contribuições para o conhecimento científico, participando em projetos do Laboratório de Farmacologia Cardiovascular localizado no Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Durante os três primeiro anos do seu doutorado, o aluno publicou trabalhos em revistas internacionais de alto índice de impacto, a exemplo do InternationalJournalofCardiology, British JournalofPharmacology e JournalofUrology, abordando os resultados dos projetos de pesquisa que investigam as ações de novos candidatos a fármacos agonistas de receptores de adenosina A2A, em modelo animal de disfunção ventricular induzida por hipertensão arterial pulmonar e sistêmica, respectivamente, e resultados de um segundo projeto, no qual o aluno é colaborador, em modelo animal de disfunção erétil. Os dados obtidos nas pesquisas têm grande relevância, devido ao fato de sugerirem efeitos benéficos de novas substâncias para o tratamento da insuficiência cardíaca, em virtudes das suas ações cardioprotetoras, e para o tratamento da disfunção erétil, por apresentarem ações vasodilatadoras em corpo cavernoso, além de elucidarem o receptor de adenosina A2A como um novo alvo farmacológico promissor para a melhora de doenças que acometem grande parcela da população mundial. O avanço nas pesquisas desses projetos resultou na publicação de dois artigos em 2013, três artigos em 2014 e um artigo em 2015, quatro deles como primeiro autor e dois como colaborador, totalizando seis trabalhos internacionais em três anos de doutorado, entre artigos de resultados e também revisões bibliográficas. O aluno também foi premiado como bolsista de doutorado nota 10, pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro - FAPERJ, no ano de 2014 e atualmente participa do projeto de pesquisa intitulado “Activationof GPR30 attenuatesdiastolicdysfunction in oophorectomizedsenescentrats” na Wake Forest University – EUA, como bolsista de doutorado sanduíche, pelo Conselho Nacional de Conhecimento Científico e Tecnológico - CNPq. Além disso, o aluno foi convidado para atuar como revisor do periódico internacional British JournalPharmacology, em 2014, e também recebeu premiações em congressos da área de ciências biomédicas.

No comments:

Post a Comment